“Idas e Vindas”: Jonas Coronado lança primeiro EP com grandes participações

 



“Idas e Vindas”: Jonas Coronado lança primeiro EP com grandes participações

Com seis canções, projeto já está disponível em todos aplicativos de música

Ouça: https://open.spotify.com/album/4M8eQoAU5dSliYHuvB4j9q?si=F8NV04RgTx2vu3GwKgj29Q&utm_source=copy-link

Fotos (divulgação): https://www.dropbox.com/sh/s2wx7q9epm17fhd/AABXWJymeQIeiFGTc_UC-9lma?dl=0

Levando a alegria e o melhor do samba no pé, Jonas Coronado acaba de lançar seu primeiro EP, “Idas e Vindas”, em todos aplicativos de música. Com seis faixas, entre inéditas e regravações, o projeto conta ainda com participações especiais de Sandro Simões e Abner Vasconcelos, que também assina a produção ao lado de Fabiano Mabel.

"Estou muito feliz com esse trabalho feito no Fórmula do Samba, uma casa que me abraçou. Tive o apoio de vários artistas consagrados na divulgação como Salgadinho, Nego Branco, Turma do Pagode, Chiquinho dos Santos, Fogaça, além de muitos outros, e meu irmão Pezinho, que está sempre comigo. Foi um trabalho feito com muito carinho, levando uma mensagem de amor, esperança e fé para todos que ouvirem", conta Coronado.

Entre as inéditas teremos “Idas e Vindas”, composição de Rogerinho Cândido e Leandrinho, que dá nome ao EP, e “Justiça Divina”, escrita por Xanndsy e Luciano Magalhães que traz uma mistura envolvente do forró com samba. 

Sandro Simões e Abner Vasconcelos participam de “ Santo Maior”, composição do próprio Sandro Simões com Jorge Sargento em homenagem a São Jorge, e música para “Dona Rainha do Samba”, canção em homenagem a Dona Ivone Lara, composta pela Seita, coletivo do ABC Paulista. 

Já as regravações dão uma nova vida a sucessos como “Overdose de Emoção”, sucesso do Grupo da Melhor Qualidade nos anos 90, e “Pra que Chorar”, dos compositores Cleitinho Persona, Nego Branco e Abner Vasconcelos.

Sobre Jonas Coronado

Nascido em São Bernardo do Campo (ABC Paulista), Coronado passou toda a sua vida morando num bairro da zona leste de São Paulo. Quando aos 12 anos, iniciou sua trajetória tocando ganzá no Grupo Recordação e, aos 14 anos já se tornou vocalista do Grupo Konduz. Neste, permaneceu por 10 anos se apresentando em casas noturnas de São Caetano do Sul e Santo André (ABC Paulista), da capital paulista e de todo interior do estado. Em 2008, assumiu os vocais do Grupo Samba5, grupo de samba raiz que também foi grande sucesso nos bares tradicionais de São Paulo. 

Mas foi como cantor solo que viu sua carreira realmente despontar. Fundador do projeto SAMBADOURO, aprovado pelo PROAC e LEI ROUANET, Coronado vestiu a camisa do verdadeiro samba e canta Noel, Geraldo Pereira, Cartola, João Nogueira, Padeirinho, Nelson Cavaquinho, entre outros. O Projeto se tornou um sucesso sendo apresentado em programas de TV e rádio para o Brasil inteiro, além de subir ao palco do SESC na capital paulista.  

Agora, o artista prepara seus primeiros lançamentos oficiais autorais e já coleciona parceiros como o Fórmula do Samba “Novos Talentos”, projeto que apresenta novos nomes do samba e pagode. 

Acompanhe nas redes: @coronado.oficial

Assista no Youtube: https://www.youtube.com/user/agenciacoronado

Nenhum comentário: