Niterói é representado em 1º Fórum da Rede de Pontos de Cultura de BH



O niteroiense David Bassous, ou Mestre Bujão, fundador do Instituto Gingas, leva o nome e o projeto que começou na cidade de Niterói, Din Down Down, para o 1º Fórum da Rede de Pontos de Cultura de Belo Horizonte. O evento acontece no Teatro Francisco Nunes, entre 18 e 20/10, com mesas de debates e apresentações artísticas.


O objetivo do encontro é debater os rumos das políticas culturais de base comunitária na cidade e as relações com a educação, promoção da acessibilidade e dos direitos culturais. O Fórum é promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte e tem entrada gratuita, sem necessidade de inscrição.


Conhecido como Mestre Bujão, David Bassous, participa da Mesa Temática 5 sobre Cultura de Acessibilidade, das 16h às 17h30min. Ele vai dividir mesa com Roberto Ferreira (Ponto de Cultura Teatro de Boneco Origens), João Victor Santos e Bruna Moreira (Instituto Mano Down) e Ademar Alves de Oliveira.


"A importância de participar no evento é poder estender a missão do Gingas e do Din Down Down, que é contribuir para um mundo mais inclusivo a partir da educação e da cultura. O fato da secretaria de cultura nos convidar, mostra a relevância que as nossas ações e projetos possuem e sempre que nos chamarem iremos com muita satisfação", concluiu.


O 1° Fórum da Rede de Pontos de Cultura de Belo Horizonte integra o Programa Cultura Viva, coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura. A secretária Municipal de Cultura, Eliane Parreiras, destaca a importância do Fórum e da política de Cultura Viva para as comunidades. “Os Pontos de Cultura desempenham um papel crucial para o desenvolvimento da cultura nas comunidades. Debater sobre essa cultura com a sociedade e, especialmente, com os próprios Pontos de Cultura, é essencial para entender a diversidade de experiências que compõem a cultura comunitária”, conclui.


O Instituto Gingas tem o objetivo de oferecer cultura afro-brasileira, educação e inclusão através da acessibilidade cultural, utilizando as linguagens artísticas da capoeira e da música para pessoas com deficiência. É uma organização da sociedade civil que promove ações em prol da capoeira, cultura e educação.


O Teatro Francisco Nunes fica na Av. Afonso Pena, S/N no Parque Municipal Américo Renné Giannetti.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem